Oficina de teatro – Nível II
(CCPFC/ACC-103513/19)

   

Modalidade:

 Curso de formação
   

Duração:

 12,5 horas presenciais
   
Destinatários:  Educadores de infância e professores dos ensinos básico e secundário e educação especial
   
Formadores:  Elsa Gonçalves e Hugo Sousa
   
Locais de realização:  Turma 1 AE Águas Santas
 Turma 2 AE Gonçalo Mendes da Maia
 Turma 3 AE Castêlo da Maia
   
Turmas previstas:  Turma 1 AE Águas Santas
 Turma 2 AE Gonçalo Mendes da Maia
 Turma 3 AE Castêlo da Maia
   
Critérios de seleção:  Turma 1 AE Águas Santas
 Turma 2 AE Gonçalo Mendes da Maia
 Turma 3 AE Castêlo da Maia
   
::::::::::::::::::::::::::::: PROGRAMA DA AÇÃO ::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
   
Objetivos: − Apresentar percursos diversificados da atividade docente, com vista ao desenvolvimento de competências nos alunos nas áreas da dramaturgia e escrita criativa, encenação e produção de um espetáculo performativo;
− Valorizar a diversificação de abordagens aos conteúdos curriculares de diferentes disciplinas, nos vários níveis de ensino;
− Aprofundar os conhecimentos na área da História do Teatro;
− Reconhecer questões relacionadas com as caraterísticas de algumas dramaturgias contemporâneas.
   
Conteúdos:

− Apresentação dos participantes e clarificação dos objetivos, conteúdos, metodologia, regime e critérios de avaliação dos formandos (±30 minutos).
− Teatro em Portugal – das origens à atualidade (±30 minutos).
− Dramaturgia contemporânea portuguesa. (±30 minutos).
− Dramaturgia contemporânea europeia. (±30 minutos).
− A respiração: diversas formas de respiração; (±30 minutos).
− A voz: colocação e projeção ( 1 hora).
− A concentração e o equilíbrio: alguns exercícios práticos (1 hora)
− Jogos dramáticos (1hora)
− Projeto final: conceção e concretização de todos os passos necessários à apresentação de um espetáculo de artes performativas, desde a escolha do texto ou tema de trabalho até à apresentação ao público, passando pela dramaturgia, encenação, música (composição e banda sonora), ensaios, promoção e publicidade, tecnologia de luz e som, tecnologias audiovisuais, cenários e figurinos.
(6 horas e 30 minutos)
Nota: a concretização do projeto poderá ser realizada durante a prática pedagógica, em contexto sala de aula e adaptada aos conteúdos programáticos da área disciplinar dos participantes.
− Avaliação da ação: 30 minutos

   

Metodologia:

As sessões terão um carácter teórico-prático, prevendo-se o recurso a: breves exposições, observação comentada de imagens e/ou textos, exercícios práticos de respiração, concentração, equilíbrio, relaxamento, colocação e projeção de voz; jogos de interação, jogos dramáticos, planificação de um projeto com apresentação e reflexão conjunta.
   

Avaliação dos
formandos:


Os formandos serão avaliados nos termos definidos pelo Decreto-lei nº 22/2014 e Despacho n.º 4595/2015, tendo em conta os seguintes parâmetros/critérios: participação nas sessões presenciais e relatório individual de reflexão crítica, de acordo com o definido no Regulamento Interno do CFAE maiatrofa.