Trabalho colaborativo e de articulação entre docentes de Matemática
(CCPFC/ACC-94176/19)

   

Modalidade:

Círculo de estudos
   

Duração:

 25 horas presenciais + 12,5 horas de trabalho autónomo
 
Destinatários:  Professores dos grupos 230 e 500
 
Formadora:  Joana Almeida
 
Número de turmas:  1
 
Locais de realização:  Escola ES de Águas Santas
 
Cronograma da turma 1:  1ª sessão - 6 setembro 2019, sexta-feira, 14.00h - 18.30h
 outras sessões a definir
 
   
seleção dos formandos:  Turma formada por professores do grupo 500 da Escola BS de Águas Santas
   
:::::::::::::::::::::::::: PROG RAMA DA AÇÃO ::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
   
Objetivos:

- Promover uma reflexão concertada sobre práticas de ensino e de aprendizagem;

- Promover o trabalho colaborativo e de articulação docente, quer em grupo disciplinar quer por anos de escolaridade;

- Construir materiais de apoio à implementação do programa e dispositivos de regulação e monitorização das aprendizagens (planos de aulas, fichas de trabalho, testes de conhecimentos, questões-aula, etc.), tendo em consideração as especificidades gerais e individuais dos alunos, bem como os grupos de homogeneidade relativa;

- Promover a reflexão dos professores, individual e conjunta, sobre ação docente, salientando a importância da reflexão-ação na sua prática pedagógica.

   
Conteúdos:

- Análise reflexiva do programa e das metas curriculares do 2.º e 3.º ciclos e do ensino secundário;

- Planificação e preparação de aulas, por domínio(s) e/ou subdomínio(s);

- Construção de materiais didáticos;

- Discussão de metodologias de ensino e de práticas pedagógicas mais profícuas para a aprendizagem;

- Apresentação e discussão de experiências emergentes da prática de cada um dos intervenientes e reflexão sobre as estratégias e metodologias adotadas;

- Monitorização e avaliação das aprendizagens dos alunos.

   
Metodologia:

A metodologia das sessões será de natureza teórico-prática, com recurso a situações-problema, nomeadamente:

- Planificação e gestão do currículo;

- Instrumentos/dispositivos de gestão e de desenvolvimento curricular, bem como de monitorização e avaliação das aprendizagens;

- Metodologias pedagógicas e recursos educativos;

- Constituição de grupos de homogeneidade relativa para as turmas em rede;

- Diferenciação pedagógica e curricular para os grupos de homogeneidade relativa e alunos ao abrigo do DL 3/2008.

   
Regime de avaliação:

 Os formandos serão avaliados nos termos definidos pelo Decreto- lei nº 22/2014 e Despacho n.º 4595/2015, tendo em conta os seguintes parâmetros/critérios: quantidade e qualidade da participação nas sessões presenciais e relatório individual de reflexão crítica, de acordo com o programa da ação e os artigos 16º, 17º e 18º do Regulamento Interno do CFAE maiatrofa.