Fazer Matemática no 1º Ciclo
(CCPFC/ACC-90169/17)

   

Modalidade:

 Oficina de formação
   

Duração:

 25 horas presenciais + 25 horas de trabalho autónomo
   
Destinatários:  Docentes do 1º ciclo
   
Formadoras:  António Menino
   
Número de turmas:  3
   
Locais de realização:  Turma 1 AE Castêlo da Maia para formandos dos AE CM e T
 Turma 2 AE Maia para formandos dos AE M e P
 Turma 3 AE
Gonçalo Mendes da Maia para formandos dos AE GMM e VC
   
Cronogramas:  Turma 1 AE Castêlo da Maia
 1ª sessão - 20 de novembro de 2019, quarta-feira, 17:30 - 20:30
 2ª sessão - a definir
 3ª sessão - 4 de dezembro de 2019, quarta-feira, 17:30 - 20:00
 4ª sessão - 8 de janeiro de 2020, quarta-feira, 17:30 - 20:00
 5ª sessão - 15 de janeiro de 2020, quarta-feira, 17:30 - 20:00
 6ª sessão - 22 de janeiro de 2020, quarta-feira, 17:30 - 20:00
 7ª sessão - 29 de janeiro de 2020, quarta-feira, 17:30 - 20:00
 8ª sessão - a definir
 9ª sessão - a definir

 Turma 2 AE Maia
 1ª sessão - 9 de janeiro de 2020, quinta-feira, 17:30 - 20:30
 2ª sessão - 16 de janeiro de 2020, quinta-feira, 17:30 - 20:30
 3ª sessão - 23 de janeiro de 2020, quinta-feira, 17:30 - 20:00
 4ª sessão - 6 de fevereiro de 2020, quinta-feira, 17:30 - 20:00
 5ª sessão - 13 de fevereiro de 2020, quinta-feira, 17:30 - 20:00
 6ª sessão - 20 de fevereiro de 2020, quinta-feira, 17:30 - 20:00
 7ª sessão - 5 de março de 2020, quinta-feira, 17:30 - 20:00
 8ª sessão - 12 de março de 2020, quinta-feira, 17:30 - 20:00
 9ª sessão - 21 de março de 2020, sábado 9:00 - 13:00

 Turma 3 AE
Gonçalo Mendes da Maia
 1ª sessão - 11 de março de 2020, quarta-feira, 17:30 - 20:30
 2ª sessão - 18 de março de 2020, quarta-feira, 17:30 - 20:30
 3ª sessão - 15 de abril de 2020, quarta-feira, 17:30 - 20:00
 4ª sessão - 22 de abril de 2020, quarta-feira, 17:30 - 20:00
 5ª sessão - 6 de maio de 2020, quarta-feira, 17:30 - 20:00
 6ª sessão - 13 de maio de 2020, quarta-feira, 17:30 - 20:00
 7ª sessão - 20 de maio de 2020, quarta-feira, 17:30 - 20:00
 8ª sessão - 27 de maio de 2020, quarta-feira, 17:30 - 20:00
 9ª sessão - 6 de junho de 2020, sábado 9:00 - 13:00
   
seleção dos formandos:  Formandos indicados pelos AE envolvidos
   
:::::::::::::::::::::::::: PROG RAMA DA AÇÃO ::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
   
Objetivos: A formação tem como finalidade última a melhoria das aprendizagens dos alunos e o desenvolvimento de uma atitude positiva face a esta área do saber. Esperam-se os seguintes efeitos:
• Promoção do conhecimento matemático necessário para a lecionação de qualidade no 1º ciclo do Ensino Básico (1º CEB);
• Desenvolvimento do conhecimento didático necessário para a lecionação de qualidade no 1º CEB;
• Conhecimento e exploração de recursos de qualidade para apoiar o desenvolvimento curricular em Matemática;
• Realização de experiências de desenvolvimento curricular em Matemática que contemplem a planificação de aulas, a sua implementação e reflexão por parte dos professores envolvidos, apoiados pelos seus pares e formador(a);
• Desenvolvimento de uma atitude positiva relativamente à Matemática, promovendo a autoconfiança nas suas capacidades como professores de Matemática e a criação de expectativas elevadas acerca do que os seus alunos podem aprender;
• Criação de dinâmicas de trabalho colaborativo entre os professores.
   
Conteúdos:

A ação desenvolve-se de acordo com a seguinte programação:
0. Apresentação dos participantes e clarificação dos objetivos, conteúdos, metodologia, regime e critérios de avaliação dos formandos.

1. Breve abordagem científica e metodológica dos temas lecionados no 1º CEB:
a) Números e operações;
- Conceito e sentido de número; estruturas aditivas e estruturas multiplicativas
- Sistemas e bases de numeração
- As quatro operações elementares
- Operações com frações
- Estratégias de cálculo mental

b) Geometria e medida;
- Elementos básicos de geometria no plano; o conceito de ângulo
- Elementos básicos de geometria no espaço
- Transformações geométricas: homotetias e isometrias
- A medida: perímetro, área e volume

c) Organização e tratamento de dados;
- Estatística: conceitos básicos, dados e variáveis
- Recolha, tratamento e análise de dados qualitativos
- Recolha, tratamento e análise de dados quantitativos discretos
- Recolha, tratamento e análise de dados quantitativos contínuos
- Medidas de localização e medidas de dispersão
- Probabilidade: conceitos básicos

2. Desenvolvimento da prática letiva:
a) Planificação de tarefas;
− Fatores a ter em conta numa planificação.

b) Produção de recursos para utilização em sala de aula;
− Recursos materiais baseados em objetos de utilização corrente.
− Recurso digitais.

c) Análise crítica do trabalho desenvolvido - eventuais propostas de reformulação
− apresentação, partilha e aprofundamento dos trabalhos.

3. Reflexão sobre o trabalho realizado (avaliação da ação)
O trabalho autónomo consiste implementação, por cada formando com os seus alunos, do trabalho planificado e preparado nas sessões presenciais.

   
Metodologia:

As sessões presenciais têm as seguintes vertentes:
(a) Abordagem teórica e aprofundamento de temas onde se garanta o esclarecimento e aprofundamento significativo do conhecimento matemático e didático diretamente necessário para a lecionação de matemática no 1º CEB, com propostas de trabalho feitas pelos formadores aos formandos;
(b) Realização das tarefas propostas pelos formadores;
(c) Reflexão em grande grupo e/ou pequenos grupos/grande grupo sobre práticas letivas e planificação de tarefas.

No trabalho autónomo, os formandos levam ao terreno experiências propostas pelos formadores e posteriormente, o trabalho planificado por cada um, assegurando:
(a) o desenvolvimento o aprofundamento científico e reflexão didática dos temas em que se inserem;
(b) a implementação das tarefas em sala de aula;
(c) a reflexão crítica e avaliação do trabalho desenvolvido.

   
Regime de avaliação:

 Os formandos serão avaliados nos termos definidos pelo Decreto- lei nº 22/2014 e Despacho n.º 4595/2015, tendo em conta os seguintes parâmetros/critérios: quantidade e qualidade da participação nas sessões presenciais e relatório individual de reflexão crítica, de acordo com o programa da ação e os artigos 16º, 17º e 18º do Regulamento Interno do CFAE maiatrofa.